O Crazy Time pode ser manipulado? Os principais segredos do Crazy Time expostos

Last Updated on outubro 21, 2023 by LTC Casino Editorial

Manipulações possíveis no Crazy Time | Será o Crazy Time uma burla?

O Crazy Time é um jogo lendário que deixa por concretizar muitas das suas expectativas. Já alguma vez passou pela situação em que um segmento que perseguia no jogo pague logo a seguir a deixar de apostar neste? Ou talvez possa ter reparado que depois de uma ronda de bónus lucrativa, apenas uns e dois saem na roda?

Todas estas situações levantam questões sobre a justiça no Crazy Time. No entanto, existe ainda uma pergunta mais pertinente para fazer: Poderá a Evolution manipular os resultados no Crazy Time? Vamos tentar descobrir, mas antes, gostaríamos de o recordar como funciona o Crazy Time para Bitcoin.

Como funciona o Crazy Time da Evolution

O Crazy Time é uma variante do jogo da roda da fortuna com uma melhor dinâmica de jogo. Para além dos segmentos numéricos, existem várias funcionalidades de bónus.

O Crazy Time baseia-se numa roda com 54 segmentos:

● 1 – 21 segmentos;
● 2 – 13 segmentos;
● 5 – 7 segmentos;
● 10 – 4 segmentos;
● Coin Flip – 4 segmentos;
● Pachinko – 2 segmentos;
● Cash Hunt – 2 segmentos;
● Crazy Time – 1 segmento.

Existe também a funcionalidade Top Slot acionada no início de cada ronda que pode atribuir um multiplicador extra que pode atingir 50x num dos segmentos.

O RTP indicado no Crazy Time é 96,08%. No entanto, este valor só se aplica ao número 1. Por exemplo, o RTP do jogo de bónus Crazy Time World com um pagamento máximo de 20.000x é 94,41%, e para o Pachinko com a possibilidade de ganhar até 10.000x, este valor é de 94,33%.

A Roda no Crazy Time tem motor, ímanes, ou travões?

Se perguntar ao apresentador do jogo no chat do Crazy Time como gira a roda (quer seja influenciada apenas por força física ou possa ter alguns mecanismos adicionais), certamente ele responderá que a rotação é totalmente natural. Mas se começar a falar de um motor, ímanes ou travões, este pode até bloqueá-lo no chat.

Desde há muito que os jogadores suspeitam da Evolution e da utilização de mecanismos irregulares para controlar a roda no Crazy Time. É claro que os jogadores também tendem a culpar o fornecedor ou o casino quando o resultado não corresponde às suas expectativas. Por isso, vamos voltar a nossa atenção para os vídeos de situações anormais no Crazy Time e analisar o que realmente acontece.

Normalmente, a roda do Crazy Time faz 3-4 rotações completas antes de parar. Contudo, pelo menos em duas ocasiões desde o início do jogo, a roda não parou depois disso e continuou a rodar bastante mais tempo do que um minuto, o que indica claramente uma falha no seu mecanismo.

Os defensores da Evolution afirmam que em todos estes casos o flapper ficou solto, e sem esta resistência, a roda pode girar durante muito mais tempo. Talvez seja o que a Evolution diria, mas a empresa raramente comenta sobre questões relacionadas com os seus jogos.

Num outro caso, vemos novamente que a roda gira durante mais tempo do que é habitual. Desta vez, o problema não é tão evidente, e o jogo continua durante mais algumas rondas até que finalmente, aparece um técnico para reparar a roda. Aparentemente, o funcionamento da roda do Crazy Time não é regimentado de forma alguma, e o fornecedor, ao seu próprio critério, decide quando deve considerar válidos ou não os resultados da ronda.

Neste caso, a situação é oposta. A roda gira com rapidez considerável, mas perde impulso após apenas alguns segmentos e para no Pachinko. Um excelente, embora paradoxal, resultado. Contudo, a ronda de jogo é cancelada, embora no exemplo anterior tenhamos acabado de ver que um comportamento não habitual da roda nem sempre é a razão para tal.

Poderíamos aceitar uma folga do flapper. Mas como se explica que o súbito “aperto”, provoque um efeito semelhante ao dos travões?

Os exemplos acima descritos excluem as diversas teorias que são utilizadas para justificar os momentos em que a roda do Crazy Time contraria as leis da física. Além disso, alguns jogadores notaram que os apresentadores empurram a roda de propósito antes de a soltarem para colocar o segmento Crazy Time na parte inferior ou lateral. Isto deve simplificar a tarefa do alegado mecanismo de controlo e reduzir a probabilidade de acertar num dos melhores segmentos da roda. Qual é a sua opinião a este respeito?

A seguir, apresentamos outro exemplo no Dream Catcher, um jogo anterior ao Crazy Time e que muito provavelmente utiliza o mesmo mecanismo na roda. Com que frequência vê o flapper a voltar para trás um segmento na direção oposta à da rotação normal da roda? Normalmente, nunca, a menos que seja um prémio de 40×2 em vez de 1×2.

Veja mais um vídeo de outro jogo semelhante. No Monopoly Live, um bónus de 4 lançamentos foi cancelado por causa de um erro. O erro é curioso só por si, mas estamos mais interessados na próxima jogada, que foi novamente de 4 lançamentos. A probabilidade de atingir o mesmo segmento duas vezes seguidas é de 1 em 2916, enquanto que as probabilidades de atingir o resultado desejado numa jogada isolada são de 1 em 54, sendo também reduzidas. Contudo, foi isto que aconteceu neste episódio, permitindo que a ronda de bónus falhada fosse repetida.

É um acontecimento raro quando temos um comentário sobre a situação por parte da Evolution. Esta é a parte relevante: “Logo depois deste erro acontecer, na partida seguinte, foi atingido mais um bónus de 4 lançamentos com uma vitória de 152x. Podemos garantir que foi apenas sorte do jogador e não uma forma de compensar um erro.”

Manipulações possíveis em jogos de bónus no Crazy Time

A roda do Crazy Time é apenas uma parte do jogo. Basicamente, os jogadores tentam ganhar um jogo bónus, pois é onde têm a oportunidade de multiplicar a sua aposta em centenas ou mesmo milhares de vezes. Vamos analisar como os jogos bónus do Crazy Time podem ser manipulados.

Manipulações possíveis no Top Slot

O Top Slot é uma funcionalidade de bónus acionada no início de cada ronda que pode atribuir um multiplicador extra a qualquer segmento.

A funcionalidade é implementada utilizando computação gráfica e um ecrã sem elementos mecânicos. Portanto, se assumirmos que a roda é controlada pelo fornecedor, e estes souberem o resultado antecipadamente, não lhes será difícil obter o resultado desejado no jogo de bónus Top Slot.

Manipulações possíveis no Coin Flip

Existe um vídeo viral onde a parte superior do dispositivo de lançamento de moedas na ronda de bónus Coin Flip, sai de forma a que se possam ver os fios no interior do mecanismo. Na verdade, a roda não é a única peça de equipamento com falhas no Crazy Time.

No entanto, isto não é a parte mais interessante, pois dificilmente se poderia esperar ver algo que não fosse o interior do mecanismo. No entanto, observe os truques que a moeda executa, que não podem ser explicados, exceto pela presença de um íman. Este também não é um incidente isolado.

Muito provavelmente, os ímanes servem como precaução adicional quando um dos lados da moeda é atribuído um grande multiplicador. Contudo, é muito mais fácil atribuir um pequeno multiplicador a cada lado da moeda, que é o que acontece em quase todas as rondas do Coin Flip.

Manipulações possíveis no Pachinko

Muitos jogadores preferem não perder dinheiro no jogo de bónus Coin Flip e apostar no Pachinko, que aparentemente oferece uma boa relação risco/recompensa.

Tecnicamente, o Pachinko é composto por um ecrã transparente de uma só peça. O disco salta nos pinos dentro do ecrã e eventualmente chega a uma das caixas na parte inferior da área de jogo. Pelo menos, é isto que os jogadores acham, mas as coisas não são assim tão simples.

Acontece que o disco no Pachinko pode facilmente rolar para o estúdio mesmo através da cobertura. Mais uma vez, este não é um caso isolado.

Além disso, o disco pode parar mesmo no topo de um pino, desafiando as leis da física. Curiosamente, em todos estes casos, a luz no disco apaga-se.

Às vezes, o disco salta excessivamente:

Ímanes no Pachinko? Ventiladores? Vibração direcionada? Ninguém sabe, mas os exemplos acima referidos demonstram claramente que existem alguns aspetos neste jogo bónus que o fornecedor não quer revelar.

Além disso, o disco não tem de cair numa das caixas para que o pagamento possa ser calculado. Quando este está localizado acima do Duplo, o jogo pode facilmente atribuir um pagamento 7x, mesmo que a caixa correspondente esteja no lado oposto do ecrã. O que acontece neste vídeo depois do Pachinko também requer uma explicação adicional.

Manipulações possíveis no Cash Hunt

No jogo de bónus Cash Hunt, é necessário encontrar o item com o maior multiplicador. Inicialmente, todos os multiplicadores são exibidos no ecrã, mas depois são escondidos e baralhados. O jogo de bónus Cash Hunt é executado num ecrã grande, utilizando gráficos de computador. Obviamente, o fornecedor sabe qual é a escolha de cada jogador. Que algoritmo decide quem recebe o quê mas o que acontece depois de os multiplicadores serem “baralhados” permanece um mistério. Note-se que, com um grande número de jogadores online, é necessário muito mais tempo para revelar os multiplicadores, o que pode significar que o jogo está a fazer operações matemáticas em segundo plano.

O Cash Hunt é o único jogo bónus no Crazy Time onde se tem a oportunidade de ganhar o multiplicador máximo de 25.000x. Ocasionalmente aparece no ecrã antes dos jogadores poderem fazer a sua escolha. No entanto, desde que foi lançado o Crazy Time em 2020, este nunca esteve disponível na lista de prémios que os jogadores podem realmente ganhar.

Manipulações possíveis no Crazy Time World

O jogo de bónus Crazy Time World é atribuído quando a roda para no segmento Crazy Time e é jogado recorrendo a computação gráfica, como no Cash Hunt. É necessário escolher um dos flappers que atribuem os multiplicadores com base nos segmentos da roda virtual para os quais apontam. Se o flapper corresponder a um segmento Duplo ou Triplo, todos os ganhos serão aumentados e a roda será acionada novamente – apenas para este flapper.

Evidentemente, os segmentos da roda no Crazy Time World são distribuídos de acordo com um algoritmo que determina o montante dos ganhos e o número de Duplos e Triplos. O fornecedor está ciente da escolha de cada jogador, como no Cash Hunt. Por vezes até os anfitriões recordam esse facto dizendo algo como , “80% dos jogadores selecionaram o flapper azul”. Se os ganhos estão de alguma forma ligados a escolhas, e muitos jogadores acreditam que estão, a sua tarefa na ronda de bónus Crazy Time World deveria ser adivinhar o flapper menos popular.

O Crazy Time é justo? Estatísticas do jogo

Ver a forma de jogar desvenda algumas funcionalidades do Crazy Time de que pode não ter conhecimento. Porém, temos também de considerar as estatisticas do Crazy Time para termos uma melhor ideia do que se passa. E se os segmentos mais rentáveis aparecerem com menos frequência de que deveriam?

Como esperado, os resultados são mistos em períodos mais curtos, tais como uma hora ou um dia. Porém, no período mensal, que também é bastante curto considerando a velocidade do jogo, os resultados reais são quase totalmente idênticos aos teóricos. Esta situação repete-se mês após mês, demonstrando uma constância demasiado impressionante para um jogo que se afirma ser aleatório.

Teoricamente, isto deveria implicar que o RTP do Crazy Time corresponde ao declarado. No entanto, para calcular os retornos reais, é também necessário considerar o volume das apostas. Como deve saber, os casinos online têm menos jogadores de madrugada do que à noite, o que também se reflete no volume das apostas.

Os sete maiores pagamentos no Crazy Time na ordem das 12.500 -10.000x foram atribuídos durante o jogo de bónus Cash Hunt, o que, infelizmente, não é uma boa referência. Nos casos de ganhos recorde, os multiplicadores máximos foram atribuídos a apenas uma posição no ecrã, enquanto que os jogadores que escolheram as outras 107 posições tiveram de se contentar com pagamentos muito menores. Num outro exemplo, a maioria dos pagamentos foram atribuídos entre as 125x e 500x, valores que não são tão impressionantes como 12.500x. Nessa ronda existiam 5.160 vencedores, pelo que aproximadamente 48 pessoas podiam provavelmente receber o prémio máximo. No entanto, também não podemos ter a certeza de que todos eram jogadores reais.

A situação é semelhante à oitava maior vitória, que foi atribuída no jogo de bónus Crazy Time World. O pagamento mais elevado de 8.000x foi atribuído a um flapper, o azul. Os pagamentos para os outros dois foram significativamente mais baixos, de apenas 100x e 200x respetivamente.

A maior vitória atribuída a todos os jogadores participantes aconteceu no jogo de bónus Pachinko, a 3 de Novembro de 2021, às 01:09 UTC, quando a noite já estava muito avançada em grande parte do mundo. Claro que é impossível prever quando é que o jogo irá pagar, mas se isso tivesse acontecido em horário nobre, o pagamento total poderia ser muitas vezes superior.

As grandes vitórias no Crazy Time atraem jogadores dispostos a repetir ou mesmo ultrapassar estes sucessos, mas não fazem nada para provar a imparcialidade do jogo. Além disso, o Crazy Time, tal como outros programas de jogos ao vivo, caracteriza-se pela lentidão do jogo, de modo a que o fornecedor fique bem protegido nesta perspetiva. É impossível acumular dados significativos que permitam fazer suposições relativamente bem fundamentadas.

Conclusão: Será que a Evolution manipula o Crazy Time?

Com base no que aprendemos até agora, vamos tentar descobrir se a Evolution manipula os resultados no Crazy Time e, mais importante ainda, se vale a pena jogar neste jogo.

Será que posso ganhar muito no Crazy Time?

Sim, é certamente possível ganhar grandes prémios no Crazy Time. Todos os dias, o jogo apresenta múltiplas oportunidades de aumentar as apostas em centenas ou milhares de vezes, mesmo que estes pagamentos lucrativos sejam feitos a apenas alguns jogadores sortudos que façam a escolha certa no jogo de bónus Cash Hunt.

Será necessário que a Evolution manipule o Crazy Time?

Não. Como em qualquer outro jogo de casino, as probabilidades estão contra o jogador desde o início. Dito isto, a margem da casa no Crazy Time é bastante alta em comparação com outros jogos de casino, aproximando-se dos 6% para apostas com o maior potencial de pagamentos.

Será que a Evolution manipula o Crazy Time?

Apesar de toda a nossa vontade, não podemos dar uma resposta firme e negativa a esta pergunta. Como demonstrámos neste artigo, ao longo da existência do Crazy Time, ocorreram demasiadas situações sombrias, e algumas destas continuam a verificar-se repetidamente. A própria conclusão sugere: cada fase do jogo é controlada ou pelo menos pode ser controlada pelo fornecedor. Convém lembrar que este é um jogo com um volume de negócios multimilionário, onde mesmo uma pequena alteração na percentagem de retorno ao jogador pode fazer uma grande diferença no lucro do fornecedor.

Também não conseguimos perceber porque é que a Evolution evita comentários se tudo o que acontece nos seus jogos for verdadeiramente justo. Tais comentários são extremamente necessários, dada a enorme atenção que o problema suscita. Veja-se, por exemplo, o caso do popular streamer Xposed, em que o jogo foi simplesmente desligado após várias grandes vitórias. Porquê?

Saiba como o Xposed e outros streamers de jogos de casino enganam os jogadores com a nossa investigação detalhada.

Vale a pena jogar no Crazy Time?

Apesar de tudo o que foi dito acima, o Crazy Time continua a ser um jogo muito popular e dos mais divertidos alguma vez criados para os casinos online. Milhares de jogadores continuam diariamente a fazer apostas na roda do Crazy Time. Alguns poderão ter sorte, mas a maioria perde. Se já jogou no Crazy Time, pode não querer desistir do seu jogo favorito, mesmo com todas as dúvidas. Porém, não deverá ter a ilusão de que tudo o que acontece no Crazy Time é completamente aleatório, e não deverá tentar ganhar ao casino.

Se tem jogado principalmente no Crazy Time até este momento, talvez queira considerar outros jogos de casino, tais como as Slots para Bitcoin. A maioria destes jogos tem um RTP superior ao Crazy Time, e os pagamentos podem facilmente exceder a aposta milhares de vezes. Além disso, os jogadores de Crazy Time fazem geralmente apostas maiores e distribuem-nas por múltiplas áreas. No entanto, apenas um segmento ganha em cada ronda, e as apostas feitas em todos os outros segmentos perdem, o que deve ser tido em conta ao calcular o multiplicador final.

Por outro lado, nas slots, é feita uma aposta por ronda e podem ser efetuadas dezenas de rodadas por minuto. Desta forma, é possível apostar menos e jogar mais rodadas, o que acaba por aumentar as probabilidades de obter um grande multiplicador. Além disso, temos de considerar ainda um facto mais importante: independentemente do jogo que escolher, nunca deve apostar com dinheiro que não se pode dar ao luxo de perder.