Quais os maiores mitos à volta dos casinos de bitcoins?

Quando surge uma nova tecnologia que altera o que a indústria conhecia anteriormente há sempre uma inevitável onda de mitos a aparecer do nada. Aconteceu com a bitcoin enquanto conceito, e também com a bitcoin quando utilizada para apostas.

 

 

No entanto, existem alguns mitos à volta das apostas com bitcoin. Há um mito completamente infundado a circular na web acerca das apostas com bitcoin serem inseguras quando se trata da segurança financeira e dos dados pessoais. A origem deste mito é um completo mistério já que uma das principais vantagens do jogo com bitcoin é a sua maior segurança. Ao contrário dos casino online tradicionais, que lidam com moeda FIAT e instituições financeiras, o que leva a um maior risco de fraude e de roubos através de pirataria informática, os casinos de bitcoin trabalham diretamente com os jogadores. À parte disso, a tecnologia blockchain é completamente anónima e privada, fazendo com que seja praticamente impossível ser corrompida. Assim, o design descentralizado da blockchain elimina qualquer ameaça à segurança dos jogadores.

Outro dos mitos existentes, tem a ver com algumas pessoas considerarem a bitcoin uma “bolha”. Este mito não tem tanto a ver com as apostas com bitcoins em si, mas com todo o conceito das criptomoedas, e já que as moedas virtuais são inseparáveis dos casinos de bitcoin também é uma questão que os afeta. A bitcoin tem sido muita vez descrita como “uma bolha à espera de rebentar”, mito que é popular entre os opositores da bitcoin e que acaba por afastar alguns dos entusiastas da apostas das criptomoedas. Atualmente a bitcoin é um dos ativos mais fortes do mundo, o seu preço tem estado mais ou menos estável e/ou em crescimento, o que é uma oportunidade perfeita para os entusiastas das apostas.